Especialidades

Oftalmologia

Doenças oculares necessitam de atendimento especializado. O CDMV conta com serviço de oftalmologia prestado por oftalmologista veterinário pós-graduado.

Algumas raças de cães e gatos têm predisposição a doenças oftálmicas específicas, que podem ser congênitas (de nascimento) ou adquiridas. Cães jovens das raças sharpei, bulldog, rottweiler, chowchow, entre outras, frequentemente desenvolvem alterações de conformação das pálpebras, que requerem tratamento cirúrgico. Outra afecção comum em animais jovens que têm indicação cirúrgica é o prolapso da glândula da terceira pálpebra, que surge como uma bolinha vermelha no canto interno do olho e pode resultar em desconforto e secreção ocular excessiva.

Raças de focinho curto e olhos salientes, como pug, shihtzu, lhasaapso, pequinês e gato persa, comumente sofrem de úlceras de córnea e exigem cuidados especiais, dada a conformação da face. Outra doença oftálmica diagnosticada com maior frequência em cocker spaniel, poodle, beagle e bulldog é relacionada à lubrificação da superfície dos olhos. Esses animais podem produzir lágrima em quantidade e qualidade inadequadas.

Doenças dos olhos de seres humanos como glaucoma, catarata e alterações da retina podem ocorrer nos animais. Tumores palpebrais têm maior incidência em animais idosos. Algumas alterações inflamatórias oculares (uveítes) podem ser consequentes de doenças sistêmicas, portanto, é de extrema valia que se faça essa correlação em busca da causa do problema oftálmico.

Os principais sintomas de problemas oculares são olho vermelho, secreção ocular, prurido (coceira), olhos fechados ou piscando excessivamente, desorientação ou insegurança e mudanças no aspecto dos olhos, como aumento de volume do globo ocular.

Em casos de catarata, as cirurgias são realizadas com facoemulsificação, método mais seguro e com melhores resultados.